[Infográfico] Açúcar: você tem consumido mais do que deveria?

Posted on Posted in Açúcar, Cárie, Gengivite, Má higiene bucal, Mau hálito
açucar em excesso
O consumo de açúcar em excesso, ou seja, além do que o organismo necessita para seu bom funcionamento, é um problema cada vez mais comum. Além de aumentar a acidez da boca, que contribui para a proliferação de bactérias que causam as cáries, a ingestão desse produto, além do necessário, pode desencadear muitos outros malefícios à saúde.
Saiba aqui se você está consumindo mais do que deveria, e o que fazer para evitar que isso aconteça.
excesso de açucar



Compartilhe este infográfico no seu site (copie e cole o código html).



» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

INSCREVA-SE E RECEBA DICAS E ORIENTAÇÕES, GRATUITAMENTE, NO SEU E-MAIL!!!

Estas informações são úteis?

Informe seus dados, e receba, gratuitamente, no seu e-mail, mais orientações e dicas como estas!

Você está consumindo açúcar em excesso?

O consumo de açúcar em excesso é um problema cada vez mais comum. Por isso, em 2015, a Organização Mundial da Saúde (OMS), sugeriu reduzir à metade o consumo diário de açúcar recomendado para a obtenção de benefícios à saúde. Assim, ao invés de 10% da energia consumida em um dia ser oriunda da ingestão de açúcar, esse percentual passou a ser de 5% das 2.000 calorias diárias recomendadas para um adulto, ou seja, de 200 calorias, que equivalem a 50g de açúcar, para 100 calorias, correspondentes a 25 gramas.

25 gramas de açúcar correspondem a 5 colheres (chá) do produto


Açúcar e Saúde bucal

Açúcares e restos de alimentos são digeridos por bactérias presentes na boca. Se a higiene bucal adequada não for feita, esse material se acumula, e forma um filme, chamado Placa Bacteriana, que adere ao dente, e dissolve suas camadas. Às partes dissolvidas, dá-se o nome de Cárie Dentária. Se não tratada, a cárie pode levar à perda do dente, o que leva o indivíduo a ter que procurar formas de substituí-lo. Uma das opções é o implante dental.


Nem todos os açúcares devem ser incluídos no cálculo do consumo diário

Os açúcares presentes, naturalmente, em frutas, verduras, legumes e no leite, não devem ser contabilizados.

Por outro lado, deve-se considerar o chamado Açúcar livre ou Açúcar adicionado, que é aquele adicionado aos alimentos durante seu preparo e aquele presente nos alimentos processados, como refeições prontas, refrigerantes, sucos e temperos.


Como saber se um produto contém muito açúcar?

Para saber quanto açúcar um produto contém em sua composição, deve-se consultar seu rótulo. Se na lista de ingredientes, o açúcar for um dos primeiros ingredientes citados, significa que ele tem grande participação na composição do produto, ou seja, o produto tem muito açúcar.


Outros nomes do açúcar
O açúcar pode ter várias outras denominações. As principais são:
  • - Sacarose
  • - Lactose
  • - Frutose
  • - Glicose
  • - Xarope de Milho
  • - Maltodextrina
  • - Agave
  • - Melado
  • - Açúcar Invertido
  • - Concentrados de frutas

O açúcar escondido nos alimentos
Para se ter uma ideia do quanto açúcar ingerimos sem perceber, abaixo são apresentadas as quantidades de açúcar presentes em alimentos comumente consumidos no dia-a-dia:
  • - uma lata de refrigerante à base de cola 355ml contém 37g de açúcar
  • - duas colheres de sopa de achocolatado em pó contém 15g de açúcar
  • - uma unidade de pão francês de 50g contém 27g de açúcar
  • - uma unidade de néctar de fruta 100ml contém 11g de açúcar.

Sintomas do consumo de açúcar em excesso
  • - Cansaço
  • - Sede excessiva
  • - Boca seca
  • - Micção frequente
  • - Visão embaçada
  • - Dor de cabeça
  • - Náusea
  • - Dor abdominal
  • - Fome excessiva
  • - Formigamento nos pés
  • - Arritmia cardíaca
  • - Hálito cetônico
  • - Infecções frequentes

O que consumo de açúcar em excesso pode causar:
  • - Cáries
  • - Ganho de peso
  • - Resistência à insulina
  • - Diabetes
  • - Obesidade
  • - Hipertensão
  • - Doenças cardíacas
  • - Vício
  • - Acúmulo de gordura no fígado